4 DIAS NOS AÇORES COM DOIS BEBÉS

A primeira vez que fui aos Açores era apenas eu e o Daniel, explorámos a ilha ao máximo, vimos cascatas, fomos a sítios lindos que nem imaginávamos que existiam e andámos até nos doer os pés! Então, quando decidimos que estava na altura de viajar com os nossos dois bebés nem se pôs em questão para onde iríamos.

Hoje trago-vos a nossa viagem de 4 dias nos Açores com dois bebés, e vou falar sobre a nossa experiência. Como muita gente me perguntou, não é difícil viajar com dois, mas isso implica uma logística diferente. É isso que vos vou falar neste post. (Vejam o post de como é viajar com um bebé de 1 ano aqui)

Foi uma aventura bastante rápida, fomos no sábado e voltámos na terça feira seguinte. Foi uma viagem planeada à última da hora, pois a Diana faz 2 anos dia 10 de Fevereiro. Então tínhamos de aproveitar esta última viagem antes dela pagar voo.

Antes da viagem

Voámos pela SATA, uma vez que seria a mais barata nos dias escolhidos, sem contar com as “regalias” que nos dava. Levámos bagagem de porão, bagagem de mão, carrinho de bebé, o ovinho do Afonso e ainda duas pranchas de surf! Tudo grátis.

Escolhemos os apartamentos turísticos açorsonho que podem reservar aqui. O nosso objetivo de ser apartamento passa pela logística de fazer comida aos bebés e de estarmos mais confortáveis por termos uma sala, kitchenette, casa de banho e quarto, ainda tinha uma varanda com vista para a piscina. Estes apartamentos tinham direito ao uso dos extras do hotel, como piscina exterior, interior, jacuzzi, sala de jogos, mini-golfe e ginásio. (Em breve faremos o Review do hotel)

Alugámos carro, pois achamos que é a melhor maneira de nos deslocarmos na ilha. Podemos ver todos os recantos sem complicações. Alugámos pela Magic Island que nos satisfez todos os desejos! Deram-nos um Mitsubishi SUV, como já tínhamos a cadeira do Afonso apenas pedimos mais uma para a Diana. Necessitamos de um carro espaçoso uma vez que levávamos ainda alguma bagagem e as pranchas (coube tudo dentro do carro).

 

A viagem

Dia 1 – A chegada

Escolhemos, propositadamente, um voo noturno, ou seja, apanhámos o voo às 21:55h e chegámos lá as 23:20h (sendo que em Portugal continental seriam 00:20h). Os miúdos deitam-se (sempre) entre as 21:30h e 22h. Nós pensámos, ou vai correr muito bem ou pessimamente. Tivemos sorte, levámos todo o tipo de entretenimento e as mantinhas que eles mais gostam. Dormiram praticamente o voo todo!

Quando chegámos ao aeroporto de Ponta Delgada foi só pegar nas bagagens, no “nosso” carro e ir para o hotel. Sempre com os bebés a portarem-se lindamente.

Dia 2

No segundo dia acordámos cedo e enquanto tomávamos o pequeno almoço descobrimos um skate super giro para a Diana, que podem comprar aqui. Ela normalmente usa o nosso, mas assim que o viu disse logo “é da Di”, ninguém resiste a esta miúda. Ficou como uma das prendas de anos. Não largou o resto da viagem, andou sempre com ele atrás.

O novo skate da Diana. Açores com bebés

Fomos ao miradouro da Vista do Rei, que tem a melhor vista sobre a Lagoa das Sete Cidades. Decidimos fazer um picnic no passadiço com vista para a Lagoa, eramos praticamente os únicos no local. Tem uma vista de cortar a respiração! Ideal para quem quer fazer uma viagem aos Açores com (dois) bebés.

Antes de chegar à Lagoa ainda parámos num parque de merendas para passear e andar um pouco, é lindo estarmos só nós e o barulho da natureza, parece que eles ficam mais calmos. Quando chegámos à Lagoa aproveitámos para passear, era só verde, vacas e a água.

De seguida fomos ver a plantação de ananases A Arruda, a Diana adorou (principalmente porque tinha 2 gatos e ela adora gatos). Passeou pela plantação de ananases, cheirou e brincou.

Surf, não podia faltar

De seguida fomos à praia de Santa Bárbara, na Ribeira Grande, a nossa preferida da ilha. As ondas estavam perfeitas. Adotamos a mesma logística de “cá de casa”, enquanto um surfa o outro toma conta das crianças. A Diana estava fascinada com a areia preta e o Afonso não parou de olhar para o mar. Ela aproveitou para andar muito de skate.

 

 

Dia 3

No terceiro dia foi manhã de surf! Fomos para a praia de Santa Bárbara, claro que viagem nem é viagem sem praia. Não vivemos sem praia, e ela já sabia que ia andar de skate novamente a ver aquela vista incrível para o areal.

Da parte da tarde visitámos as Furnas.

Decidimos ir fazer uma visita ao Parque Terra Nostra, tem uma piscina (gigante) natural de água termal e cor acastanhada. Muito tentadora, mas o que mais nos fascinou foi a variedade de vegetação existente, os lagos e os riachos de água quente.

Para finalizar o dia fomos à Lagoa das Furnas, a princesa já estava muito cansadinha, mas adorou dar pedacinhos de pão aos patos. É um sítio a não perder, vê-se a lagoa e as caldeiras em constante ebulição, é um sítio muito calmo rodeado de natureza, excelente para as crianças.

Dia 4 – O último dia

De manhã ainda aproveitámos a piscina interior e o salão de jogos do hotel.

Aproveitámos a viagem até ao último dia!

Deixámos Ponta Delgada para último, pois como não tem tanta natureza não nos interessava muito. Mas foi bom levar os bebés até lá, vimos o Forte de S. Brás, as Portas da Cidade e caminhámos até ao mercado da Graça. Neste mercado encontrámos produtos regionais de grande qualidade, bem como plantas. Dentro do mesmo há a loja do Rei dos Queijos, uma perdição para quem adora queijos, pois eles dão todos os queijos e mais alguns a provar a quem os visita.

A despedida

Após almoço em Ponta Delgada, na marina, lá fomos nós dizer adeus a este paraíso aqui ao lado de casa e fomos para o aeroporto.

O voo foi às 17:55h e chegámos às 21:05h, este voo correu um pouco mal, a Diana ficou doente neste ultimo dia e decidiu descarregar as energias no voo (coitados dos restantes passageiros). Nesta altura a única opção é ter calma, perceber o que se passa, tentar ajudar e por a criança mais confortável possível. O Afonso, mais uma vez, dormiu o voo todo!

 

A nossa primeira viagem a quatro

Fomos no inverno, mas compensou porque não havia ninguém, tínhamos a ilha praticamente toda só para nós, sendo que poucos dias chegaram perfeitamente, o que é optimo para fazer uma viagem de 4 dias nos Açores com bebés.

Foram apenas quatro dias, mas quem é mãe sabe que quando se junta crianças às aventuras os dias parecem mais compridos. Sim, é possível fazer uma viagem aos Açores com dois bebés, o mais importante é descomplicar, não fazer grandes planos. Eles têm os seus ritmos e temos de respeitá-los, ou então vamos ouvir birras o tempo todo e não gostar da experiência. É uma logística diferente, mas completamente gratificante. Já viajaram com os vossos bebés? Como correu? Queremos saber tudo!

Espero que tenham gostado. Vamos fazer novos posts sobre estes 4 dias nos Açores com dois bebés com dicas, mostrando roteiros, mais coisas para fazer, pois nós não aproveitámos ao máximo porque a Diana estava um pouco doente. Se tiverem dúvidas ou algo que queiram que fale deixem nos comentários!

 

(Sigam-nos aqui)

 

Miradouro da Vista do Rei. A melhor vista para a Lagoa das Sete Cidades.

Sempre rodeados pela natureza.

Parque Terra Nostra – um local a não perder.

Parque Terra Nostra.

Plantação de ananáses – A Arruda.

Havia vacas por todo o lado!

 

Gostaram deste Post? Então guardem no Pinterest!

 

 

 

Planear a próxima viagem:

Quando queremos planear a viagem usamos alguns sites para encontrar os melhores descontos, afinal, viajar com mais duas crianças pode ser mais dispendioso do que viajar em casal. Ao usarem estes links vocês não pagam mais por isso (por vezes até pagam menos!) e ajudam-nos a poder continuar a viver estas aventuras e partilhar tudo convosco.

 

  • Para os melhores descontos em bilhetes nas atrações, comprem-nos online através do GetYourGuide

 

 

 

 

 

Subscreve a newsletter para receberes novidades e descontos

 

 

 

 

 

 

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *